SOBRE FIBRAS VEGETAIS E MICROBIOTA

Author: | Posted in Bate-papo No comments
cupom com desconto - o melhor site de cupom de desconto cupomcomdesconto.com.br


SOBRE FIBRAS VEGETAIS E MICROBIOTA 1
Compartilhar

Na publicação anterior, explicamos como podemos cuidar da microbiota para cuidar de nosso sistema imunológico e, entre outras coisas, falamos sobre a importância da fibra vegetal. Neste post, explicaremos quais alimentos de origem vegetal contêm mais fibras e quais são seus benefícios.

Alimentos à base de plantas fornecem ao corpo nutrientes ou elementos que não são encontrados em nenhum outro lugar, o que significa que eles não são substituíveis. Além disso, a maioria gera uma ingestão calórica muito baixa, apesar de seu volume, o que contribui para alcançar a sensação de saciedade sem a necessidade de refeições mais pesadas.

Quais são as peculiaridades dos alimentos vegetais que os tornam tão benéficos?

A FIBRA VEGETAL

É um componente tão necessário de uma dieta que vale a pena explicar sua importância em mais detalhes. Ao ingerir qualquer alimento, a digestão varia muito no sistema digestivo, dependendo de ser ou não acompanhada de fibra vegetal.

PROPRIEDADES

  • Previne o desenvolvimento de diabetes e hipercolesterolemia: Se houver uma quantidade suficiente de fibra, o estômago levará mais tempo para esvaziar. Quando os alimentos atingem o duodeno mais lentamente (a primeira porção do intestino delgado onde os nutrientes passam para a corrente sanguínea), eles atingem o sangue mais gradualmente. Se isso se aplica à glicose, não haverá grandes sobrecargas que impeçam o pâncreas de secretar quantidades significativas de insulina. Podemos aplicar isso a outros nutrientes, como o colesterol.
  • Regula a mobilidade do intestino. O conteúdo do intestino avança graças aos movimentos peristálticos. O músculo da parede intestinal se contrai sob a forma de ondas que progridem desde o início até a última seção do intestino. Esse movimento pode ser alterado de duas maneiras:
    • ACELERADO: Não permite tempo para uma digestão completa e adequada, produzindo “cólicas diarréicas”. Quando o alimento atinge o cólon (intestino grosso), ele é responsável por subtrair a água do conteúdo intestinal. Se o tráfego for acelerado, não há tempo para compactar o banco, sendo evacuado de maneira muito líquida.
    • LENTO: O alimento progride pouco e permanece mais tempo no cólon do que deveria, o que, ao extrair água do conteúdo intestinal, torna as fezes mais secas e sua evacuação é difícil, a ponto de se tornarem coprólitos autênticos (pedras). Essa lenta progressão não é o único perigo de constipação. Existem muitos casos de câncer de cólon com uma história de constipação crônica. Portanto, o contato prolongado de produtos de decomposição alimentar com a mucosa intestinal pode ser cancerígeno e induzir mutação nas células da parede intestinal.
Leia Também  Rotina de exercícios para fazer em casa

A fibra vegetal confere uma consistência menos compacta ao conteúdo intestinal, o que favorece sua progressão e regula o movimento peristáltico do intestino. Se for acelerado, diminui a velocidade e, se for lento, acelera. Também evita a formação de divertículos no cólon e, se eles já existem, impede que sejam infectados, impedindo a retenção do conteúdo desses “sacos”. Pessoas com SÍNDROME DO CÓRRE IRRITÁVEL alternam períodos de diarréia com outras de constipação, ambas muito dolorosas. Quando recebem um treinamento para comer com um bom teor de fibras, seus sintomas melhoram.

cupom com desconto - o melhor site de cupom de desconto cupomcomdesconto.com.br

O EFEITO PREBIÓTICO DA FIBRA.

Seu consumo frequente causa o desenvolvimento de bactérias benéficas em nossos intestinos, que previnem infecções por bactérias e fungos patogênicos, sintetizam vitaminas B e diminuem o colesterol, entre outros efeitos favoráveis.

Só será possível se beneficiar de suas virtudes tomando alimentos de origem vegetal e em quantidade suficiente.

RELAÇÃO DE ALIMENTOS COM FIBRA VEGETAL

Legumes e vegetais em ordem decrescente de acordo com o teor de fibras:

Salsa, espinafre, ervilha, nabo, couve de bruxelas, brócolis, couve, couve roxa, agrião, couve de feijão, endívia, berinjela, feijão verde, couve-flor, aipo, aspargos, alface, tomate, pimenta vermelha, endívias, abobrinha, acelga, cardo, pimenta verde, alcachofra e pepino.

Frutos em ordem decrescente de acordo com o seu teor de fibras:

Nêspera, groselha, framboesa, amora, marmelo, data, mirtilo, azeitona, morango, figo, banana, nectarina, laranja, maçã, pêra, abacate, mandarim, pinha, cereja, manga, caqui e abacaxi.

FRUTOS SECOS E FRUTOS SECOS também são ricos em fibras.

LEGUMES SECOS também são ricos em fibras, em ordem decrescente: feijão, grão de bico e lentilha.

Autoria da imagem: Projetado por jcomp / Freepik.



cupom com desconto - o melhor site de cupom de desconto cupomcomdesconto.com.br