Síndrome do Ovário Policístico

Diagnóstico da síndrome do ovário policístico

Para fazer o diagnóstico é necessário apresentar uma série de sintomas e sinais, sem que uma única prova possa nos dar o diagnóstico.

Isso fez com que haja muita controvérsia nos critérios diagnósticos embora todos eles coincidem em excesso de andrógenos e os distúrbios da ovulação, podendo coexistir ou não ovários policísticos em ultra-som.

Também podem ocorrer alterações metabólicas associadas com a resistência à insulina.

É imprescindível excluir outras doenças com características semelhantes, como o hipotireoidismo, a hiperprolactinemia, síndrome de Cushing, a obesidade simples, a hiperplasia adrenal congênita, tumores produtores de hormônios masculinos….

Suspeita de SOP

Devemos suspeitar de síndrome de ovário policístico se apresentar alterações menstruais, períodos menstruais com intervalos maiores de 35 dias, ausência de menstruação durante 6 meses, um ano ou sangramento irregular. Se existe infertilidade ou abortos prévios em estágios iniciais da gravidez.

sindrome de ovário poliquistico

Representação de um ovário policístico

Se apresente-hiperandrogenismo, é dizer manifestações externas de excesso de hormônio masculino que, em mais de 65% dos casos se manifesta com o crescimento de cabelo em áreas onde normalmente a mulher não tem, para rever utilizamos uma escala (Ferriman Gallwey) que tem em conta diferentes áreas corporais. Também pode aparecer acne, seborréia ou queda de cabelo com um padrão masculino.

Chama-Se hiperandrogenamia à elevação de andrógenos em análise, O mais característico é a elevação do índice de testosterona livre e pode não ser acompanhados de manifestações exteriores.

Analiticamente, podemos encontrar alterações no colesterol e os triglicerídeos, hormônios hipofisários, que intervêm no funcionamento dos ovários (FSH e LH) ou excesso de insulina…

Alterações Patológicas associadas

O SOP está associada a outras alterações que contribuem para apresentar um maior risco cardiovascular.

  • Mais de 50% das mulheres têm Resistência à insulina
  • Um alto percentual sofrem de Obesidade e excesso de peso com adiposidade abdominal
  • Hipertensão arterial
  • Elevação das taxas de colesterol e TG
  • Diabetes tipo 2 e distúrbios no metabolismo dos hidratos de carbono
  • Também foram descritos maior probabilidade de complicações durante a gravidez: diabetes gestacional; hipertensão e parto pré-termo.
  • Câncer de endométrio. Depressão e Distúrbios respiratórios do sono

Tratamento da Síndrome do Ovário Policístico

Existem diferentes opções farmacológicas dependendo das manifestações predominantes e se existe desejo de gravidez.

Em mulheres com SOP e excesso de peso, o emagrecimento tem efeitos benéficos tanto na esfera reprodutiva como metabólica por que adquirir hábitos de vida saudáveis faz parte do tratamento.

Conclusão

A síndrome do ovário policístico é muito frequente. Tem implicações na vida reprodutiva e no metabolismo, por isso é importante uma boa abordagem.

Se você precisa de um atendimento personalizado, em Alimmenta podemos ajudá-lo. Você vai encontrar uma equipe de categoria média endócrinos, nutricionistas-nutricionistas e psicólogos, com experiência no tratamento da Síndrome do Ovário Policístico.