Barriga inchada ou distensão abdominal

A barriga inchada

distensão abdominal barriga inchadaO ventre inchado, ou distensão abdominal, pode-se dar tanto em pessoas com um peso baixo ou adequado como com excesso de peso ou obesidade (de acordo com o IMC); embora a sensação de inchaço é mais evidente em pessoas que não têm um excesso de peso. As mulheres são as que mais referem este problema, mas não é exclusivo do sexo feminino. Em muitos casos, se deve a algum problema digestivo que se costuma resolver com uma mudança na alimentação.

Causas e soluções

As causas que podem provocar uma barriga inchada não são as mesmas para todos. Aqui vão as mais frequentes:

  • Intolerâncias alimentares: algumas pessoas não são capazes de digerir certos componentes dos alimentos, como a lactose, frutose, sorbitol, glúten, etc. não poder ser digeridos seguem o seu caminho para o intestino e são o alimento de diferentes bactérias intestinais, provocando dor abdominal, diarréia e gases.

Solução: incluir um logotipo da sua nas mãos de um médico especialista que te faça os testes necessários para verificar a intolerância e também de um nutricionista-nutricionista que te marque umas orientações para que, ao eliminar determinados alimentos de sua dieta não tenha déficits nutricionais.

  • Síndrome do intestino irritável e doença de Crohn: fazem parte das chamadas doenças inflamatórias intestinais, que se caracterizam por lesar o intestino alterando o seu funcionamento e provocando diarréia, constipação, dor abdominal, inchaço e gases.

Solução: ao igual que no caso das intolerâncias alimentares é importante para um bom diagnóstico e o aconselhamento por parte de um nutricionista-nutricionista que paute a alimentação ideal para cada caso.

  • Dispepsia: são desconforto ou dor na parte superior do abdômen, acompanhada de náuseas, inchaço abdominal, azia, digestões pesadas, saciedade precoce, arrotos, regurgitações e vômitos.

Solução: coma devagar e com pouca quantidade de comida mais vezes ao dia, evitar um excesso de gordura nas refeições, perda de peso, se necessário, e abster-se do álcool.

  • Excesso ou falta de fibra na dieta: a fibra é o principal componente das fezes e se deve tomar em sua justa medida. Assim, um excesso de fibras pode aumentar o trânsito intestinal e provocar diarreia, e ao contrário da falta de fibra diminui o trânsito intestinal e causa prisão de ventre. Ambas as situações causam inchaço, gases e dor abdominal.

Solução: consumir diariamentecereales integrais, frutas e legumes, assegurando 1,5-2 litros de água por dia. Sem esquecer de incluir, no mínimo, 2 a 3 vezes por semana legumes Atenção! Introduza os alimentos ricos em fibra, progressivamente, para que o nosso corpo vá se acostumando pouco a pouco e não se forme uma rolha.

  • Gases e alimentação: como vimos, as causas anteriores causam gases, mas alguns alimentos e como comemos também influencia.

Solução: evitar o consumo de vegetais flatulentas (repolho, couve-flor, brócolis, alcachofra, pimentões…), pão quente, massas ou legumes al dente, edulcorantes artificiais (manitol, sorbitol, xilitol), bebidas alcoólicas ou com gás (refrigerantes, água com gás…) e procurar tomar as leguminosas sem pele ou por uma fábrica de alimentos (cremes, purês, humus…). Também não fazer refeições pesadas e ricas em gorduras, comer devagar, mastigar bem e com a boca fechada, evitar falar enquanto comemos e não beber com canudo ou tomar pequenos goles da superfície de uma bebida quente.

  • Ruptura dos músculos abdominais: pode ser, em alguns casos, também uma causa. Os músculos são incapazes de conter a massa abdominal e provocam “tripa”. Pode dever-se ao gravidez, perda rápida de peso ou tendência à flacidez.

Solução: fazer com que a atividade física faça parte de sua vida cotidiana e evitar o excesso de peso, controlando sua alimentação.

Recomendações para a barriga inchada

Se você precisa de atendimento personalizado para resolver seus problemas de distensão abdominal, em Alimmenta você encontrará uma equipe de nutricionistas-nutricionistas e médicos endócrinos que te ajudarão a resolver seus problemas de barriga inchada através de uma dieta personalizada e a mudança de hábitos.